Lifestyle

Vinho? Sim, mas com moderação. 🍷

Ao ser convidado para ser embaixador da Wine With spirit da LyfeTaste, comecei a interessar-me mais por este produto que é um ex-libris do nosso Portugal, tal é a quantidade e sobretudo a qualidade dos vinhos que produzimos. Estes vinhos têm a particularidade de se encaixarem num conceito diferente pois o enólogo Pedro Sereno facilitou o trabalho de quem menos percebe, adaptando e preparando cada um dos vinhos para a ocasião, momento ou emoção, que cada pessoa vai viver ou partilhar, ou seja se for comer peixe tem o “Seafood&Co” se for para uma picada de carne tem o “Meet&Meat” se estiver com a namorada(o) ou esposa(o) tem o “Dine With Me Tonight” daí o lema da empresa ser “Não vendemos vinhos, vendemos emoções engarrafadas”. Mas para além do paladar, sabor, prazer, ou até mesmo do lado  comercial, a ciência já estudou e conluio que a bebida alcoólica quando tomada com moderação traz inúmeros benefícios para a saúde dos quais destaco os seguintes;


– Aliado à perda de peso (
ativa um gene que impede a formação de novas células de gordura)

– Potenciador do cérebro (Previne demências e doenças e degenerativas do cérebro)

– Trata as infecções das gengivas e evita a aparição dos estreptococos e bactérias vinculadas às cáries

– Combate o cansaço devido ao Resveratrol presente nas uvas

– Aumenta as endorfinas que libertamos e nos dão sensação de relaxamento prazer e bem estar

– Melhora o nosso paladar devido às suas propriedades adstringentes, o sabor do alimento é sentido de modo mais intenso.

– Reduz o Colesterol por ser rico em polifenóis que sendo rico em antioxidantes que ajudam os vasos sanguíneos, evitam a formação de coágulos reduzindo o mau colesterol (LDL)

– Excelente para o coração pois para além dos polifenóis tem Vitamina E, limpa o sangue, evita coágulos e protege os vasos sanguíneos.  

Reduz o risco de Cancro, devido às propriedades antioxidantes que bloqueia o crescimento de algumas células.

– Combate infecções urinárias: o vinho consegue evitar que as bactérias se adiram à nossa bexiga ou rins e optimiza a filtração e depuração desses órgãos.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *